LIVE: Como Falar de Coronavirus nas Favelas?
1236
post-template-default,single,single-post,postid-1236,single-format-video,theme-stockholm,qode-social-login-1.1.3,qode-restaurant-1.1.1,stockholm-core-1.2.1,woocommerce-no-js,select-theme-ver-5.2.1,ajax_fade,page_not_loaded,popup-menu-fade,header_top_hide_on_mobile,wpb-js-composer js-comp-ver-6.1,vc_responsive

LIVE: Como Falar de Coronavirus nas Favelas?

Como comunicar e mostrar a importância de ficar em casa? Como explicar o processo de prevenção e cuidados? Como receber e distribuir alimentos e produtos de higiene sem riscos? Sabemos das dificuldades que as favelas atravessam para prevenir a pandemia. Apesar disso, várias lideranças comunitárias vêm sendo bem-sucedidas e conseguindo se organizar. Mas como? Quais estratégias de falas e tecnologias eles têm usado?
No dia 20 de abril de 2020, convidamos as seguintes lideranças para conversar conosco e falar sobre suas estratégias:
– Geiza de Andrade, Gabinete de Crise Vila Kennedy
– Gilson Rodrigues, coordenador do G10 das Favelas e líder de Paraisópolis em São Paulo
– Gizele Martins, Frente de Mobilização da Maré
– Ilaci Oliveira, Cooperativa Transvida na Vila Cruzeiro
– Rafael Oliveira, Favela Vertical em Gardênia Azul
Para saber de futuras lives, entre em contato pelo email contato@rioonwatch.org.br ou rede@favelasustentavel.org.

Apoio: Fundação Heinrich Böll Brasil